BRASIL

Amigo de Lula, João de Deus é condenado a mais 109 anos de prisão

Diógenes Freire · 9 de Dezembro de 2022 às 15:25

Além da amizade com o petista descondenado, a trajetória do médium é marcada pela proximidade com políticos de esquerda, juízes progressistas e estrelas do show biz

Em nova decisão, o juiz do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), Marcos Boechat Lopes, condenou o médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, a mais de 109 anos de prisão por oito crimes de estupro de vulnerável e 26 infrações penais de violação sexual mediante fraude. João de Deus já recebeu oito condenações por crimes sexuais que superam 220 anos de prisão.