Fábio Gonçalves

Sai Paulo Maiurino e entra Márcio Nunes, então secretário-executivo do Ministério da Justiça. É a quarta mudança na chefia da instituição desde o início da administração Bolsonaro.

Fábio Gonçalves | 25 Fev